Quantos anos tem que nós nos casamos ???

Daisypath - Personal pictureDaisypath Anniversary tickers

domingo, 30 de dezembro de 2012

Resolução de Ano Novo

Eu havia parado de anotar algumas coisas na agenda... Coisas que me magoavam e coisas que eu nunca mais queria fazer... Mas as circunstancias estão me obrigando a voltar a escrever...
Então esta é a minha principal resolução : Vou anotar na agenda.




- Posted using BlogPress from my iPhone

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

O meu conselho é pra te ver feliz...


Conselho

Deixe de lado esse baixo astral,
Erga a cabeça enfrente o mal,
Que agindo assim será vital
Para o seu coração.
...
É que em cada experiência
Se aprende uma lição.
Eu já sofri por amar assim,
Me dediquei, mas foi tudo em vão.
Pra que se lamentar
Se em sua vida pode encontrar
Quem te ame com toda força e ardor?
Assim sucumbirá a dor (tem que lutar).
Tem que lutar, não se abater
E só se entregar a quem te merecer.
Não estou dando nem vendendo,
Como o ditado diz.
O meu conselho é pra te ver feliz.
 
 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Sem pertinência temática...

E a vida continua...
 
"Eita vida besta, meu Deus."
 
E naquela tarde,
somente naquela tarde,
viver não era difícil.
Era o simples ato de deitar-se no sofá,
levantar as pernas e sentir a vida doendo em seus ossos.
As cargas,
os tempos,
os medos,
os desejos,
tudo passa quando estamos em nós mesmos.
O sossego de ler.
O afago do lar.
Tudo em seu devido lugar...

E chega de complicação, vamos viver com o coração!


 
 
 
Ao me deitar
O céu me ouve agora
Estou perdida sem uma causa
Depois de me dar por inteira
As tempestades de Inverno vieram
E escureceram meu sol
Depois de tudo que passei
A quem posso me voltar?
(Refrão)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte
Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção, eu olho você
(Verso 2)
Depois que perco a minha respiração
Não há mais porque lutar
Não há mais pensamentos de se reerguer
Procurando por aquela porta aberta
E cada caminho que tomei
Levou-me ao desgosto
E não sei se irei fazer
Nada a fazer senão levantar a minha cabeça
(Refrão)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte
Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção
Eu olho para você
(Ponte)
O meu amor foi todo destruído (oh Senhor)
As minhas paredes caíram sobre mim
Caindo sobre mim (a chuva está caindo)
A chuva está caindo
A derrota está chamando (me liberte)
Preciso de você para me libertar
Leve-me para longe da batalha
Preciso de você para brilhar sobre mim
(Coro)
Eu olho para você
Eu olho para você
Depois que toda a minha força se foi
Em você posso ser forte
Eu olho para você
Eu olho para você
E quando as melodias se foram
Em você ouço uma canção
Eu olho para você
Eu olho para você
   Eu olho para você...
 

Vive

 
 
É inútil chorar
Noites enveredar
Ruir por nada assim
Minha vida é sua
Como um marinheiro do mar
Sofrer não há porque
Desencana meu amor
Tudo seu é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
O que tem que acontecer
Livre
Tanto que eu sonhei
Nos amar a pleno vapor
Tanto que eu quis
Fazê-la estrela
Da sagração de um ser feliz
Desinflama meu amor
Do seu jeito é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
Se tiver que acontecer
Vive
Desencana meu amor
Tudo seu é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
O que tem que acontecer
Livre...

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Esse cara sou eu...

Esse cara sou eu...
 

 
 
.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Celso, Feliz Aniversario!

Celso,
Amor, " Coronel So ", fiz um texto meio besta para postar em nosso blogue!
Estou muito emocionada por ver você completar 58 anos... Você já está mais pra lá do que pra cá!!!
Olha, amor, eu quero te agradecer, agradecer muito por tudo o que conquistamos até hoje, agradecer pelo homem bom que você é, bom filho, bom pai, bom avô e bom marido!
As vezes, quase sempre, nos estranhamos e isto anda desgastando a gente, mas no fundo nós somos felizes!
Quero te desejar muitas felicidades, vida, saúde, paz, prosperidade e muitos anos de vida...
Feliz Aniversario!!!
Te amo! Bjs




Que vida boa, meu Deus! Muito obrigada!

"Eita vida besta, meu Deus!"
Tenho 52 anos e sou feliz. Percebi a minha idade somente ontem... Eu achava que ainda tinha 50!
Tenho netas, poucos amigos, uma grande família e um amor, que hoje está completando 58 anos.
Tenho também, bem à minha frente, dois ovos fritos e um pão. Ah, um copo de coca-cola! E, enquanto contemplo extasiada este prato simples, mas que irá matar a minha fome, lembro-me das crianças de rua, dos deficientes físicos, dos órfãos, das viúvas e dos oprimidos. Lembro-me dos meninos na favela, empunhando metralhadoras como se fosse brinquedo e lembro-me dos viciados, dos desempregados, dos infelizes, dos rotos, dos detentos, dos loucos e dos rebentos.
"Eita vida besta, meu Deus!"
A gema do ovo, molhada ao pão, derrete na boca.
Tenho 52 anos, meu marido 58 anos e somos felizes!?!?!
E não deixarei que esta felicidade morra na gente. Nunca.
O que nós, dois velhinhos, temos com o desconserto do mundo?

Diga, Drummond: que temos nós?!?
E você nos responde com a ternura de quem afaga um filho:

"Se procurar bem você acaba encontrando.
Não a explicação (duvidosa) da vida,
Mas a poesia (inexplicável) da vida..."

Carlos Drummond de Andrade



Cláudia Lins Lima Leal

Enviado via iPhone


- Posted using BlogPress from my iPhone

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Aquela Velha Canção



Quando eu te ligar cantando aquela velha canção
Não diga que estou enganada, estou resolvida
Vou dar férias pro meu coração
Confesso que fiquei magoada, eu fiquei zangada,
Mas agora passou, esqueci
Eu não vou te mandar pro inferno porque eu não quero
E porque fica muito longe daqui

Quando eu te ligar cantando aquela canção
Pra te desnortear, te ferir com carinho
É pra fazer doer no seu ouvido - a nota melhor do nosso amor
Quando eu te ligar cantando aquela canção
Não diga que não sente nada
É pra fazer doer no seu ouvido - a nota melhor do nosso amor

Alô, a lua, alô, amor. Alô, a lua, alô, a lua, amor ...



terça-feira, 12 de junho de 2012

Feliz Dia dos Namorados...


"Perdoe e doe como se fosse sua última oportunidade.
Ame como se não houvesse amanhã,
e se houver um amanhã, ame novamente."

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Pessoa

Olhar você e não saber
Que você é a pessoa mais linda do mundo
Eu queria alguém lá no fundo do coração...

  Ganhar você e não querer
É porque eu não quero que nada aconteça
Deve ser porque eu não ando bem da cabeça
Ou eu já cansei de acreditar

  O meu medo é uma coisa assim
Que corre por fora entra, vai e volta sem sair, oh, oh !


  Oh, não ! Não tente me fazer feliz...


Eu sei que o amor é bom demais
Mas dói demais sentir...




Eu sei que o amor é bom demais
Mas dói demais sentir...


 

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Beija eu...

Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu...
Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu...
Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser...
Então beba e receba
Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa!
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça...
Seja eu!
Seja eu!
Deixa que eu seja eu
E aceita
O que seja seu
Então deita e aceita eu...
Molha eu!
Seca eu!
Deixa que eu seja o céu
E receba
O que seja seu
Anoiteça e amanheça eu...
Aaaaah! ah ah ah ah! ah!
Ah! ah ah ah!
Ah! ah ah ah!
Ah ah ah!...
Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser...
Então beba e receba
Meu corpo no seu
Corpo eu, no meu corpo
Deixa!
Eu me deixo
Anoiteça e amanheça...
Aaaah! Aaaaah!
Oh oh oh oh oh oh!
Oh oh oh oh oh oh!
Aaaah! Aaaaah
Oh oh oh oh oh oh!
Oh oh oh oh oh oh!
Aaaah! Aaaaah
Oh oh oh oh oh oh!...

terça-feira, 20 de março de 2012

Ao nosso amor, vida londa e próspera.



E a vida caminha, caminha em passos largos, em compassos de dança e quando se viu, já foi e é: há trinta e dois anos...

De um encontro predestinado? Tropeçado? Por uma busca minha e sua? Por uma dádiva de Deus... vai saber. Só sei que é.

De um beijo despretensioso e cheio de volúpia aconteceu o amor; mas ele não foi entregue fácil pra nenhum de nós dois. De muita coisa mal resolvida que precisou ser digerida, enquanto um vomitava e engolia sua própria ressaca o outro esperou na angústia e depressão que só sabe aquele que ama e tem certeza de que era só questão de tempo.

Às vezes, de tão intenso, parece mais; porém, por tudo ser tão lúcido parece que foi ontem.

Dessa vida que sempre foi compartilhada dentro desse amor e não o contrário, eu fico ainda mais em paz e extasiada pela sorte.

Gratidão pela vida boa que sempre aquece nossas almas.


Celso,
Deus me criou romântica, a vida me fez poeta e você me ensinou a amar.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulher é porcelana fina que se quebra num sopro...



Eu tomei uma pílula do dia seguinte
E fiquei feliz
E depois triste
Cheia de energia
E depois cansada
Queria ser dona de casa
E depois estrela de Holywood
Mãe
E amante
Exagerei no açúcar (E fiquei diabética – cega)
O sal, reteu líquidos (e agora eles saem pelos olhos, aos montes - é o sódio e a má alimentação)
Eu quis um passeio a pé de mãos dadas
E depois mergulhar em alto mar e me perder do mundo
Uma foto minha na Times Square
E uma foto nossa no meu porta-retrato
Eu fiquei confusa
E depois tive certeza
E me joguei
E agora estou caindo em queda livre
E o vento me joga pra qualquer lugar...

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Não Precisa

Você diz que não precisa
Viver sonhando tanto
Que vivo a fazer
Demais, por você

Diz que não precisa
A cada vez que canto
Uma canção a mais, pra você

Mas tem que ser assim
Pra ser de coração
Não diga não precisa
Ah Ah Ahh
Tem que ser assim
É seu meu coração
Não diga não precisa
Ah Ah Ahh

Eu já sonhei com a vida
Agora vivo um sonho
Mas viver ou sonhar
Com você, tanto faz

Não diga não precisa
Eu digo que é preciso
A gente se amar demais
Nada a mais

Mas tem que ser assim
Pra ser de coração
Não diga não precisa
Ah Ah Ahh
Tem que ser assim
É seu meu coração
Não diga não precisa
Ah Ah Ahh



sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Para pensar...


"O Amor é a única coisa que cresce à medida que se reparte".