Quantos anos tem que nós nos casamos ???

Daisypath - Personal pictureDaisypath Anniversary tickers

terça-feira, 14 de julho de 2009

Roberto Carlos 50 anos de carreira




"É no interior dos corações que os caminhos se encontram."


INÉDITO....SHOW "INÉDITO" DE ROBERTO CARLOS, CANTANDO AQUELAS MESMAS (PORÉM LINDAS) MÚSICAS HÁ MAIS OU MENOS 50 ANOS DE SUA CARREIRA.
PARABÉNS PRA VOCÊ, ROBERTO CARLOS,PARABENS ÀS ORGANIZAÇÕES GLOBO POR TE-LO FEITO REI E TAMBÉM AQUELES QUE O ACHAM UM REI...



Roberto Carlos chora, mas não perde o fôlego no Maracanã

- Antes do show, o público canta "Como É Grande O Meu Amor Por Você". Um aquecimento para a grande festa!


- Patrícia Poeta abre a noite, falando das canções e da importância do Rei.


Ao som da versão instrumental de "Como é Grande o Meu Amor por Você", Roberto Carlos entrou no palco dirigindo um calhambeque azul, às 21h40.



O teto do palco, quase transparente, faz com que toda a iluminação gigantesca possa fazer um espetáculo ainda maior.
E caso você pense que o show seguirá o script tradicional, você está redondamente enganado. Roberto surpreendeu, entrando no palco dentro de um calhambeque.
Exatas nove mil pessoas transformaram o Maracanã em um belo cenário para o show em que Roberto Carlos comemorar aos 50 anos de carreira.
Cerca de 68 mil pessoas tiveram o prazer de ver de pertinho o Rei cantando em um palco pra lá de especial todo especial, translúcido, com cerca de 500m², 100 caixas de som e três telões que somam 200 m².

Roberto Carlos começou o show em comemoração aos seus 50 anos de carreira cantando "Emoções". Em seguida vieram "Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo", "Além do Horizonte", "Amor Perfeito", "Detalhes", "Outra vez", "Aquela Casa Simples", "Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo" e "Lady Laura".
Antes de "Nossa Senhora", Roberto Carlos falou sobre a infância e o começo de carreira em 1959 para em seguida cantar "Mulher Pequena" e "O Calhambeque".
Por volta das 22h45, o show foi interrompido por cerca de dez minutos por causa da chuva durante a música "Caminhoneiro" e recomeçou com "Do Fundo do Meu Coração". Depois vieram "Proposta", Às Vezes Penso", "Os Seus Botões", "Café da Manhã" e "Cavalgada".

Durante o começo de "Amigo", o cantor e compositor Erasmo Carlos interrompeu a música. "Para! Para tudo! Como você pode começar a música sem a minha presença", disse ele ao amigo de mais de 50 anos por um telão.

Após algumas palavras de Erasmo, Roberto Carlos chama o amigo ao palco. Emocionados, ambos recomeçam "Amigos". Eles ainda cantaram "Sentado à Beira do Caminho"
O Cantor comemorou 50 anos de carreira com show de 2h30.
Dueto com Erasmo Carlos em 'Amigo' levou o Rei às lágrimas.

Aos 50 anos de carreira, Roberto Carlos esbanjou fôlego em um show de quase duas horas e meia no Maracanã. A apresentação histórica - inédita no estádio e uma das maiores da carreira do Rei - foi presenciada por um público estimado em 68 mil pessoas.

O espetáculo começou às 21h40 com "Como é grande o meu amor por você", em versão instrumental acompanhada em coro pelo público, e terminou com "Jesus Cristo", a tradicional entrega de rosas para os fãs e uma queima de fogos.

“É a maior emoção que já senti em minha vida estar aqui no Maracanã cantando para vocês; quando estava lá em Cachoeiro jamais imaginei que podia viver um momento como esse”, disse o cantor ao subir ao palco, ao som de "Emoções" e a bordo de um calhambeque. E emendou: “Eu amo vocês, tudo isso parece um sonho”.


Sob chuva e lágrimas

O destaque ficou por conta da última parte do show, em que o Rei recebeu no palco o parceiro musical e companheiro de longa data Erasmo Carlos. No dueto de "Amigo", os dois se emocionaram e, chorando, tiveram dificuldades em cantar trechos da música.


Uma forte chuva que começou a cair por volta das 22h45 fez com que a apresentação fosse interrompida por cerca de 10 minutos. À procura de abrigo, fãs esvaziaram algumas cadeiras da pista e das arquibancadas. Outros chegaram a deixar o estádio.
Roberto Carlos se emociona com Maracanã lotado em superprodução
Mas a maioria não desanimou diante da tempestade e cantou em coro sucessos como "Do fundo do meu coração", "Eu te proponho", "Café da manhã" e "É preciso saber viver". "São 50 anos de carreira; isso me faz pensar em como tudo começou", disse o Rei.


Wanderléa também fez uma participação em um bloco dedicado aos tempos da Jovem Guarda e ao início da carreira solo do cantor, com hits como "Eu sou terrível", "É proibido fumar", "Namoradinha de um amigo meu" e "Quando", música que Roberto Carlos não cantava há mais de 30 anos.


O show, que será transformado em DVD, terminou com uma interpretação emocionada de "Jesus Cristo", acompanhada em coro pelo público, que à essa altura já não ligava mais para a tempestade. O Maracanã ficou pequeno para tantas emoções.

Confira a seguir o repertório completo da apresentação:

- Como é grande o meu amor por você (introdução)
- Emoções
- Eu te amo
- Além do horizonte
- Amor perfeito
- Detalhes
- Outra vez
- Aquela casa simples
- Meu querido, meu velho, meu amigo
- Lady Laura
- Nossa Senhora
- Mulher pequena
- Calhambeque
- Caminhoneiro
- Do fundo do meu coração
- Eu te proponho
- Seu corpo
- Os seus botões
- Café da manhã
- Cavalgada
- Amigo
- Sentado à beira do caminho
- Ternura
- Eu sou terrível
- É proibido fumar
- Namoradinha de um amigo meu
- Quando
- E por isso estou aqui
- Jovens tardes de domingo
- Como é grande o meu amor por você (reprise)
- É preciso saber viver
- Jesus Cristo




Show de Roberto Carlos termina com botões de rosas e fogos de artifício.





Fiz com muito carinho para você !


Claudia Lins



sábado, 4 de julho de 2009

É Preciso Saber Viver ...


Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver

É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver, saber viver!